Atualmente, a tecnologia criativa está tomando conta do mercado, levando as marcas a criar projetos inovadores capazes de desafiar os concorrentes, surpreender os consumidores e proporcionar experiências únicas. Os tokens não fungíveis (NFTs) ocupam grande parte desse mercado, no qual revolucionaram o conceito de propriedade digital e ampliaram os limites criativos.

Os tokens não fungíveis também conseguiram transformar a percepção das pessoas em relação às artes, finanças e tecnologia. Embora os NFTs sejam apenas mais um nicho, muitos recorrem a eles à medida em que atingem um público maior ao redor do mundo ou quando chamam a atenção para desafios e eventos globais.

No caso do projeto beneficente do Depositphotos — Projeto Revival — os NFTs estão ajudando a restaurar o patrimônio cultural que foi destruído na Ucrânia, ao mesmo tempo em que expõem um tópico importante. Os militares russos danificaram mais de 450 objetos culturais desde o início da guerra. Neste artigo, iremos detalhar várias questões sobre os NFTs e ensiná-lo a comprar um, para que você possa ajudar a Ucrânia, devolver a milhões de pessoas seus lares e também se tornar um proprietário de arte digital.

3D rendered metallic boxes, NFT artwork

O que é um NFT?

Um token não fungível (NFT) é um ativo digital criado a partir da tecnologia blockchain que está vinculado a um item digital ou físico e não pode ser trocado ou negociado do mesmo modo que outros ativos. O NFT é parecido com um certificado digital (token), ou seja, contém todas as informações sobre o item, como criador, data de criação, comprador, data de compra, preço e proprietário atual.

A autenticidade de um NFT pode ser verificada no blockchain, minimizando a probabilidade de fraude. Muitas vezes, os NFTs são utilizados para vender arte digital. Entretanto, é possível usá-los para projetos beneficentes, imóveis, itens de moda, ingressos para eventos e videogames.

Apesar de muitos enxergarem os NFTs apenas como ativos digitais esteticamente agradáveis, eles também podem ser usados para iniciativas importantes. Por exemplo, o museu META HISTORY utiliza NFTs para documentar fatos sobre a guerra na Ucrânia e preservar a verdade. O Projeto Revival (apresentado na plataforma) usa obras de arte em NFT de artistas locais para compartilhar sua visão única sobre o futuro do patrimônio cultural da Ucrânia, contar histórias relacionadas ao local e arrecadar fundos.

O que são exchanges de criptomoedas?

Uma exchange de criptomoedas é uma plataforma on-line para negociar criptomoedas por outros ativos, como moeda fiduciária e NFTs. As exchanges mais populares são Coinbase, Binance, Gemini e outros.

É possível usar as exchanges para converter criptomoedas (por exemplo, Bitcoin para Ethereum) ou comprar criptomoedas com moeda fiduciária, como euro ou dólar americano. Você também pode converter criptomoedas em dinheiro.

As exchanges funcionam como uma corretora e fornecem vários serviços, como emitir e manter suas chaves públicas e privadas, proteger o acesso de sua conta e fornecer suporte.

O que é um marketplace de NFT?

O objetivo do marketplace de NFT é vender, comprar e trocar tokens não fungíveis. Ele é capaz de conectar criadores de NFT com colecionadores de arte, corretores e investidores. A maioria dos usuários dos marketplaces de NFT podem ‘mintar’*, armazenar, exibir e vender seus ativos digitais na plataforma em troca de criptomoeda ou dinheiro real. Normalmente, a plataforma cobra uma pequena taxa para realizar as transações e transferências de NFTs.

De modo geral, as plataformas de comercialização de NFT ocupam um nicho para atrair públicos específicos e ganhar destaque. Por exemplo, a plataforma de NFT, SuperRare, é especializada em ativos digitais exclusivos e de edição única. Já a plataforma META HISTORY reúne especialistas em criptomoedas e artistas de alta qualidade para mostrar e documentar a guerra na Ucrânia através de NFTs.

Os marketplaces de NFT, como qualquer outro mercado, variam em termos de diversidade, blockchains, opções de pagamento, taxas, etc. Na maior parte dos casos, eles se enquadram em uma das duas categorias a seguir:

  • Os marketplaces abertos (ou marketplaces não gerenciados) são gratuitos para qualquer pessoa participar, vender, comprar, negociar ou ‘mintar’ NFTs. Eles aceitam NFTs de diferentes tipos, estilos, quantidades, preços e recursos.
  • Os marketplaces fechados (ou marketplaces gerenciados) são mais exclusivos, e os artistas precisam se inscrever ou receber um convite para apresentar seus trabalhos na plataforma. Neste caso, as NFTs são selecionadas com restrições adicionais à venda e negociação.

*Mintar um NFT é o processo de transformar arquivos digitais em ativos digitais que são armazenados no blockchain.

Marketplaces populares de NFT que você deve conhecer

1. META HISTORY

Meta history museum

META HISTORY é um museu de NFT criado pela comunidade criptográfica ucraniana e apoiado pelo Ministério da Transformação Digital da Ucrânia. Seu objetivo é preservar a memória e a história dos eventos atuais na Ucrânia, além de divulgar informações sobre a guerra e arrecadar fundos. O museu META HISTORY transfere seu lucro para ministérios ucranianos e fundos voluntários que trabalham na restauração de museus, teatros e objetos culturais ucranianos danificados por militares russos.

O site do museu também conta com obras de arte em NFT feitas por criativos ucranianos como parte do Projeto Revival, que ajuda a preservar e recuperar a cultura da Ucrânia.

2. OpenSea

O OpenSea é um dos marketplaces de NFT mais antigos, maiores e mais conhecidos. É possível encontrar uma enorme variedade de NFTs na plataforma, desde arte digital, música e colecionáveis esportivos até cartões comerciais, nomes de domínio e mundos virtuais. O OpenSea aceita moedas como Ethereum, Solana, USD Coin e Dai. Mas não se esqueça de que a plataforma só aceita criptomoedas e não moedas como USD, EUR ou GBP.

O OpenSea é uma ótima opção para iniciantes, pois a plataforma é bastante intuitiva, não cobra nenhuma taxa de inscrição e ainda permite que os usuários criem NFTs na plataforma.

3. SuperRare

SuperRare NFT marketplace

O SuperRare é um marketplace de arte em NFT parecido com uma galeria que foca em obras de arte digitais exclusivas. A plataforma possui critérios rigorosos, resultando em uma seleção autêntica e rara de peças de arte em NFT como itens digitais colecionáveis. Todas as transações no SuperRare são feitas usando Ether, a criptomoeda nativa do Ethereum.

O SuperRare também conta com um blog de perguntas e respostas, as principais escolhas e os novos artistas da plataforma.

4. Rarible

O Rarible é um marketplace de NFT liderado pela comunidade, onde os usuários conseguem comprar, ‘mintar’ e vender NFTs em vários blockchains, como Ethereum, Polygon, Solana, Flow e Tezos. A plataforma é interessante para quem está começando, além de oferecer arte digital, fotografias e colecionáveis de videogame. É parecida com o OpenSea, mas você também pode pagar com cartão de crédito, ou usar uma carteira criptográfica.

O Rarible criou seu próprio token chamado RARI, e seus proprietários têm o direito de votar em várias decisões de negócios, como melhorias de plataforma e mudanças de políticas.

5. Binance NFT

Binance NFT marketplace
Em 2021, uma das maiores plataformas de troca de criptomoedas, a Binance, começou a vender NFTs através de sua própria plataforma chamada Binance NFT. Sua taxa de transação é uma das mais baixas do mercado (1%) e apresenta colecionáveis de arte em NFT, itens de jogos e terreno virtual. O marketplace funciona em sua própria blockchain e criou sua própria moeda – Binance Coin (BNB) e Binance USD (BUSD) – uma stablecoin com paridade de 1:1 USD. Além de BNB e BUSD, a Binance NFT também aceita Ether.

Inclusive, a Binance NFT também apresenta a Mystery Box – um conjunto de tokens aleatórios não fungíveis que podem ser adquiridos a um preço fixo e contêm ativos digitais raros e valiosos.

6. Nifty Gateway

A Nifty Gateway é um marketplace de NFT que hospeda os itens digitais mais caros e exclusivos. A plataforma está focada em obras de arte das principais celebridades, artistas famosos e marcas. Apesar da plataforma selecionar o conteúdo para venda, ela ainda disponibiliza inúmeras opções de arte e NFTs colecionáveis. A Nifty Gateway é simples de usar e ideal para iniciantes, além de aceitar criptomoedas Ethereum e cartões de crédito.

A principal missão da Nifty Gateway é tornar os NFTs disponíveis para todos e transformar 1 bilhão de indivíduos em colecionadores de NFT.

Como adquirir um NFT

Os NFTs são capazes de mudar o futuro e contribuir com a comunidade, se você deseja comprá-los você precisará de moedas digitais, uma carteira de criptomoedas e uma conta em alguma plataforma de marketplace de NFT. Vamos começar!

1. Abra uma conta em uma exchange

Para começar a comprar e vender, será necessário abrir uma conta em uma plataforma. Alguns podem confundir as exchanges e os marketplaces de NFT, pois possuem algumas semelhanças. Entretanto, já abordamos os dois termos no início do artigo.

2. Abra uma carteira de criptomoedas

Agora é hora de criar uma carteira de criptomoedas. As duas opções mais populares de carteiras de criptomoedas são: Coinbase Wallet e MetaMask. Mas existem muitas outras, incluindo WalletConnect, Electrum, Exodus e entre outras.

As carteiras de criptomoedas armazenam suas chaves públicas e privadas, protegendo seus ativos digitais. Elas permitem que você envie, receba e gaste criptomoedas. O processo de criação de uma carteira de criptomoedas é simples e não demorará.

3. Compre Ethereum

Como a maioria dos NFTs são armazenados na blockchain do Ethereum, vale a pena comprar sua moeda nativa – Ether ou ETH. A moeda está disponível para compra em exchanges de criptomoedas.

4. Transfira sua criptomoeda para uma carteira

Transfira seu dinheiro digital para sua carteira depois de escolher uma exchange, comprar criptomoedas e criar uma carteira. O processo pode variar de acordo com a sua plataforma, carteira e marketplace.

5. Conecte sua carteira de criptomoedas ao marketplace de NFT

Após criar uma conta no marketplace de NFT, conecte sua carteira a ela. Em seguida, você pode navegar, comprar e vender NFTs, assim como acompanhar lançamentos de NFTs e novas coleções digitais.

Como ajudar a Ucrânia comprando arte em NFT

Na véspera do Dia da Independência da Ucrânia (24 de agosto), o Depositphotos, que possui uma equipe composta por vários ucranianos, divulgou um novo projeto temático sobre os locais culturais na Ucrânia que foram destruídos pela Rússia.

Uma colaboração feita com sete artistas independentes locais resultou em 38 obras de arte em NFT beneficentes que mostram como os objetos destruídos podem parecer no futuro. Além disso, os criativos compartilharam suas histórias pessoais, pois todos possuem uma conexão especial com esses objetos culturais.

Todas as obras de arte estão disponíveis no site do museu META HISTORY. O projeto também é apoiado pelo Ministério da Cultura e Política de Informação da Ucrânia, e todos os fundos arrecadados serão transferidos para a carteira de criptomoedas deles. Não perca a oportunidade de obter um ativo digital exclusivo com um grande significado por trás dele!

Compre NFTs para apoiar a cultura ucraniana

Resumindo

Existem inúmeros motivos pelos quais você pode estar interessado em comprar NFTs. Algumas pessoas querem acompanhar as novidades e investir em algo valioso; alguns visam negociar e obter lucro; enquanto outros querem exibi-los em sua casa, galeria ou até mesmo no Metaverso. Seja qual for o seu objetivo, esperamos que este guia tenha ajudado você a entender mais sobre os NFTs e também tenha facilitado a sua tomada de decisão em relação as suas compras futuras.

Leia outros artigos relacionados:

Quais Oportunidades o Metaverso Pode Abrir Para os Negócios? Leilões NFT e Lojas Virtuais

Criando Música Com IA: Como Funciona

Cobrindo a Guerra: Entrevista Com o Fotojornalista Christopher Occhicone

 

Para os leitores do nosso blog: imagens por apneas USD 0,80 Compre com desconto

Um pequeno resumo do blog depositphotos