Apresentamos a segunda parte dos trabalhos de criadores que estão divulgando a realidade sobre a guerra que está acontecendo na Ucrânia (confira a primeira parte aqui). Muitos autores compartilharam suas ilustrações preferidas conosco. Eles também nos falaram como suas vidas mudaram desde o início da guerra, explicam onde encontram energia para a criatividade, quais mensagens compartilham e como enxergam o papel dos criadores atualmente.

 

Oksana Drachkovska (@oksanadrachkovskaillustration)

Antes da guerra começar, eu vivia tranquilamente em Lviv, cidade ucraniana. Pela manhã, eu costumava ir ao meu estúdio no centro da cidade e trabalhar em vários projetos diferentes e interessantes. Na verdade, finalmente consegui alugar meu próprio apartamento em fevereiro e fiquei muito feliz em dar um passo tão corajoso. Mas minha alegria não durou muito tempo. Parti para Varsóvia no quarto dia de guerra, e agora estou morando na casa de um amigo. Apavorada como eu estava, seria de muito pouca utilidade. Por esse motivo decidi que, se estivesse em um lugar mais calmo, poderia trabalhar e ajudar meu país financeiramente. E, também resolvi dar meu apartamento a uma família de Kiev.

Ілюстрація Оксани Драчковської

Para mim, minha fonte de energia é o que faço. Quando desenho, encontro-me no mundo que estou criando. Depois, observo detalhes de minhas ilustrações em todos os lugares da nossa realidade. E minhas ilustrações sobre a guerra me ajudam a desabafar, pois acho muito difícil falar ou escrever sobre isso – está uma bagunça na minha cabeça. Quando eu começo a desenhar, eu coloco as ideias no lugar.

Através dos meus trabalhos, quero mostrar todas as coisas horríveis que a Rússia está fazendo no meu país, para que o mundo entenda a nossa dor.

Minha ilustração sobre Mariupol tocou muitas pessoas. Eu não tinha a intenção de fazer algo tão poderoso. E, durante dois dias, fui incapaz de entender como pode ser possível bombardear hospitais infantis e maternidades.

Ілюстрація Оксани Драчковської

É difícil dizer qual foi o trabalho mais valioso… mas minha ilustração sobre Mariupol tocou muitas pessoas. Eu não tinha a intenção de fazer algo tão poderoso. E, durante dois dias, fui incapaz de entender como pode ser possível bombardear hospitais infantis e maternidades. Eu imaginei isso como o pináculo do mal. A imagem de uma cegonha com um bebê, enquanto o bebê voa para o céu, surgiu na minha cabeça e eu comecei a desenhar imediatamente.

 

Yaroslava (@bright_arts)

Minha vida mudou como a de todo mundo: estresse, insônia, horas no porão, notícias a todo momento e muita raiva por tudo isso estar acontecendo no centro da Europa em pleno século XXI. Apesar de ser bastante tranquilo em nossa cidade, e eu me sentir relativamente segura, ainda fico assustada com os mísseis.

Ілюстрація bright_arts

O desenho me acalma e me ajuda a atravessar todos esses horrores. Minhas ilustrações são minha reação às notícias, que eu internalizo. A maioria delas é dedicada a eventos específicos que aconteceram, assim como aos vídeos de civis mostrando sua heróica resistência contra os invasores. Intuitivamente, tomei a decisão de que meus desenhos precisam levar mensagens encorajadoras ou bem-humoradas, já que existe bastante negatividade.

O intuito principal dos meus desenhos é expor nossa experiência ao mundo todo, além de animar o povo ucraniano, já que os materiais ilustrados são uma arma potente também.

O desenho me acalma e me ajuda a atravessar todos esses horrores. Minhas ilustrações são minha reação às notícias, que eu internalizo.

Ілюстрація bright_arts

É difícil escolher apenas um trabalho em particular. Acho que um dos meus favoritos é o “Good evening, we are from Ukraine”. Fiz no dia em que os russos destruíram o Museu Maria Prymachenko; Baseei a composição em uma das pinturas do museu e acrescentei alguns heróis modernos e nossa realidade. A composição possui heróis do folclore moderno – gopniks de Troyeshchina (um distrito de Kiev), um camponês e a Bruxa de Konotop com características que transmitem a resistência do povo nesta luta.

 

Sashko Danylenko (@sashko.danylenko.art)

Faz algum tempo que moro a 10 fusos horários de Kiev. Mas ainda tenho fortes relações com a Ucrânia. Inclusive, depois de me mudar para os Estados Unidos e começar a trabalhar lá, tive a oportunidade de criar projetos que julgo importantes e interessantes sem levar em conta fatores financeiros.

Desde o primeiro dia da guerra, meu trabalho ganhou ritmo em uma direção totalmente oposta. Sinto a necessidade de apoio informativo e cultural para essa vitória. Agora, estamos escrevendo juntos uma página importante na história da Ucrânia; em uma fonte grande e sólida. O apoio e a atenção do mundo inteiro estão voltados para a Ucrânia, e a função dos artistas e criativos, nesse momento, é explicar ao mundo por que a Ucrânia é tão importante e grandiosa. Por que o mal e o império de Putin devem ser condenados.

Sempre tive interesse em histórias sobre super-heróis e histórias em quadrinhos. Atualmente, não existe a necessidade de inventar nada, porque as lendas nascem diante de nossos olhos; você só precisa dar o seu melhor para desenhar rápido o suficiente.

Ілюстрація Сашка Даниленка

Temos que fazer barulho e falar mais alto. É difícil acreditar que meus trabalhos estão sendo apresentados nas telas da Times Square em Nova York, assim como em outdoors, por onde passam milhares de carros todos os dias.

Este é um exemplo de que o mundo todo apoia a Ucrânia tanto quanto possível, e que as ações das organizações voluntárias ucranianas no exterior são influentes e visíveis. Agora, eles estão se esforçando para fechar o céu ucraniano e fornecer mais ajuda à Ucrânia. Empresas de mídia, outros tipos de empresas e cidadãos ativos dos EUA estão se juntando a essa luta.

Ілюстрація Сашка Даниленка

Fundamos o Graphic battalion – uma comunidade de voluntários que trabalham em prol da vitória da Ucrânia. Estamos ajudando jornalistas, médicos, arrecadadores de fundos, psicólogos que trabalham com crianças e inúmeras outras pessoas com edição de vídeo, design gráfico, ilustrações, traduções, animações, etc.

Além disso, considero o projeto sobre super-heróis ucranianos muito importante. É uma série de ilustrações, onde desenho heróis da atualidade, pessoas comuns que demonstraram coragem absoluta, humanidade e bravura. Sempre tive interesse em histórias sobre super-heróis e histórias em quadrinhos. Atualmente, não existe a necessidade de inventar nada, porque as lendas nascem diante de nossos olhos; você só precisa dar o seu melhor para desenhar rápido o suficiente. Eu tenho um sonho – depois que a Ucrânia vencer, gostaria de fazer murais com essas ilustrações em cidades reconstruídas de onde vêm nossos heróis. Não tenho nenhuma dúvida de que vamos vencer!

 

Yeva Hart (@yeva.hart)

O ataque que a Rússia iniciou à Ucrânia não foi inesperado para mim, entretanto, eu não estava preparada moralmente para isso. É como uma história que está acontecendo há muito tempo e, subitamente, está em seu ponto máximo. Isso não significa que minha vida tenha mudado completamente, mas estou em uma nova fase. Hoje, sinto que faço parte da sociedade. Estou verdadeiramente preocupada com tudo o que está ocorrendo no meu país, como se TUDO isso estivesse acontecendo diretamente comigo.

Ілюстрація Yeva Hart

Projetos que solicitam o fechamento do céu são muito valiosos para mim. Criá-los foi um impulso de emoções, uma vontade de fazer a diferença de alguma forma.

Minha principal motivação é sobre eu ter algo a dizer. Acredito que toda voz importa e isso me fortalece. Eu vou continuar falando, mesmo que apenas uma pessoa me ouça. Eu quero mostrar como é a situação através da minha óptica e como eu a sinto.

A voz de um artista tem um poder imenso. Com a ajuda de nossas criações, podemos nos comunicar com pessoas do mundo inteiro. Em tempos de fake news e desinformação, o que realmente importa é compartilhar a realidade sobre os acontecimentos na Ucrânia. Para os artistas ucranianos, é de extrema importância garantir que a discussão sobre a guerra não pare, para que as pessoas não se esqueçam de nós. Independentemente do tamanho do público, se continuarmos juntos temos a capacidade de chamar a atenção para questões-chave.

Ілюстрація Yeva Hart

Não consigo me desvencilhar do pensamento de que neste momento não existe nenhum lugar seguro na Ucrânia. Qualquer pessoa pode morrer, seja um militar ou um civil. A Rússia está bombardeando muitos lugares: prédios residenciais, hospitais, maternidades, igrejas, usinas nucleares, prédios tombados. Ninguém sabe onde um míssil, uma bomba ou artilharia atingirá da próxima vez. Ninguém sabe se nossas forças armadas irão conseguir pará-los. É por esse motivo que projetos que solicitam o fechamento do céu são muito valiosos para mim. Criá-los foi um impulso de emoções, uma vontade de fazer a diferença de alguma forma. Não duvido que a Ucrânia vencerá, mas a questão é: qual será o preço? Cada vida é preciosa. Nossos parceiros do ocidente podem ajudar a salvar milhares de vidas. Isso é o que eu gostaria de falar.

 

Maliunok (@maliunok)

Parei de sonhar com qualquer coisa, menos com o fim da guerra. Acabei me acostumando com as sirenes de ataque aéreo. Precisei aprender a colocar minha vida inteira em uma mochila.

As pessoas buscam energia em algum lugar para ajudar a retirar feridos dos escombros, repelir ataques do exército russo, e fazer partos sob fogo. Desenhar demanda cerca de um bilhão de vezes menos energia do que essas coisas.

Ілюстрація Maliunok

Nos primeiros dias, pensei em mostrar a verdade para as pessoas “zumbificadas pela propaganda”. Mas é algo meramente impossível. Elas têm medo de chamar a guerra de “guerra”. O que é verdade para elas? Então, eu desenho somente o que tem ao meu redor. E espero que haja ilustrações coloridas nos nossos livros de história.

O que importa agora é ser humano. Fazer o máximo que puder, para ajudar quem for possível. E quando você tiver um minuto livre – lembre-se de que você também é um artista.

Ілюстрація Maliunok

Não valorizo meus trabalhos sobre a guerra. Eu também não gostaria de ter motivos para criá-los. Mas, acredito que o meu melhor trabalho vai ser o que eu criar no dia da vitória.

 

A Arte Durante a Guerra: Como Ilustradores Ucranianos Espalham a Verdade e Cooperam com a Mídia Global (Parte 1)

Para os leitores do nosso blog: imagens por apneas USD 0,80 Compre com desconto

Um pequeno resumo do blog depositphotos