Em plena sexta-feira, procuramos inspiração em locais em que predomina o Swiss Style. Percebeu-se que o Swiss Style nunca foi um gênero direto da Suíça. É surpreendente o que três horas de pesquisa revela. Então, o que nos vem à cabeça é: quem merece o prêmio?

O Swiss Style ficou conhecido como “internacional” graças a talentosos designers gráficos suíços e teve origem nos anos 50 como um estilo de arte, cultura e arquitetura. Mas não é só isso. Se aprofundarmos a busca, o estilo original surgiu nos anos 20 na Alemanha, Holanda e Rússia. As pessoas ainda se referem ao estilo como Legado Suíço (ou Swiss Style), mas agora sabemos a verdadeira história.

Agora que o mistério foi resolvido e atribuímos a parcela certa de elogios à Suíça, podemos dar início aos detalhes que fazem os cartazes Swiss Style mais que uma estética internacional junto de uma ou duas lições para os designers gráficos atuais.

image-1-1-1024x749

Ernst Keller 1927-1928

Características tradicionais do design gráfico Swiss Style

Se eu fosse descrever o design gráfico Swiss Style em menos de uma frase, diria que é o casamento da funcionalidade com a estética refinada que proporciona uma ideia minimalista. Os elementos que definem o Swiss Style incluem:

  • “A forma segue a função”
  • Sistema de grade
  • Layouts assimétricos
  • Tipo Sans serif (certo, Helvetica)
  • Fotografia
  • Precisão
  • Abstração geométrica
  • Simplicidade
  • Objetividade

Livre-se do caos desnecessário

Os icônicos layouts matematicamente corretos, combinados com a fontes sans-serif e um design muito minimalista são difíceis de perder quando combinados para produzir arte. São essas características que exprimem sofisticação, porque remover os elementos desnecessários para enfatizar o drama do que é realmente importante foi (e ainda é) o caminho a percorrer com classe.

A frase “menos é mais” usada muitas vezes é talvez a mais adequada para se aplicar ao design Swiss Style. Remova tudo até que você tenha um design que fale por si só.

 

Buscando inspiração

Swissted: The Rock Posters de Mike Joyc

swissted_03

swissted_04

swissted_05

swissted_07

swissted_11

swissted_15

swissted_17

swissted_27

swissted_29

swissted_35

créditos da imagem: Mike Joyce

Os mesmos princípios e elementos podem ser usados para criar seus próprios cartazes. Idealmente, esse tipo de inspiração deve te impulsionar a entrar na mentalidade de que menos é mais, e você poderia fazer muito mais com alguns elementos para destacar o que é importante em seu design. Trata-se de colocar os acentos certos, enquanto pesa cuidadosamente a composição com um olho de edição aguçado a laser.

 

5 maneiras de integrar o design gráfico Swiss Style aos seus próprios cartazes

1. A forma segue a função

Torne o aspecto do design da sua composição completamente invisível. Pense em seu público e certifique-se de que haja um ponto muito claro para ênfase, sem distrações. Isso garante que seu conteúdo possa ser facilmente compreendido. De certa forma, isso joga para fora o conceito de hierarquia visual de que falamos com frequência, mas se você está quebrando algumas regras e usando um trabalho de design gráfico no estilo suíço para se inspirar, faça-o com certeza. É sobre drama – então não olhe para trás.

2. Use um sistema de grade diferenciado

Você provavelmente notou que todos esses cartazes Swiss Style têm uma coisa em comum à primeira vista – composições muito agradáveis para os olhos. A grade ajuda a trazer ordem e lógica para seus projetos. Este tipo de abordagem à estrutura, com um sistema de grade claro ajuda a separar ou integrar os elementos. Atenha-se à grade se quiser incluir mais elementos, mas lembre-se de aprimorar a aparência geral para evitar desordem.

3. Layouts assimétricos

Outra regra de design gráfico que você pode quebrar. Os layouts assimétricos têm pontos focais e incluem elementos fora do centro. Esse tipo de abordagem no design pode dar aos seus pôsteres mais personalidade e adicionar aquele visual distinto do Legado Suíço com os elementos certos em equilíbrio.

4. Atenha-se a um tipo de fonte

As fontes sans serif são muito características do design Swiss Style. Eles são simples, muito legíveis e atendem a todos os requisitos certos para um design mais sofisticado. Faça seu conteúdo brilhar sendo criativo com uma tipografia clássica. Você pode experimentar peso e tamanho, mas limitar-se a um tipo de fonte é o que pode ajudá-lo a se concentrar e a produzir um design que seja alto e minimalista.

5. Fotografia acima de ilustrações

No design Swiss Style, a fotografia é preferida à ilustração. Há uma razão muito específica para isso, porque a fotografia está mais de acordo com o retratar a realidade. Aproveite ao máximo o meio mais objetivo e use elementos de fotografias para adicionar significado aos seus projetos.

Começar a projetar

Assine nosso blog

Mantenha-se atualizado com as tendências, obtenha dicas e insights valiosos, além de materiais bônus.