Alguns deles capturam os eventos mais importantes da história moderna que mudarão nosso futuro, outros trabalham com celebridades conhecidas e contribuem para a cultura visual contemporânea. Neste artigo, você conhecerá alguns fotógrafos ucranianos cujas mensagens e visão única do nosso mundo são capazes de fascinar e fazer refletir.

Reunimos 10 histórias de fotógrafos ucranianos, cujo talento é admirado tanto na Ucrânia quanto no exterior. Conheça os trabalhos criativos de artistas que elevam a arte fotográfica ucraniana internacionalmente.

1. Alexander Ladanivskyy

Alexander Ladanivskyy é um fotógrafo de viagens e blogueiro que colabora com o Discovery e tem mais de 200 mil seguidores no Instagram. O autor possui uma biografia impressionante: ele é formado em direito e é um ex-soldado de operações especiais que deixou o serviço militar para trabalhar com o universo criativo. No início ele fotografou casamentos e trabalhou no gênero steampunk, depois começou a organizar viagens para lugares exóticos como Islândia, Noruega, Ilhas Faroé. Em suas redes sociais, Alexander compartilha relatos fotográficos fascinantes sobre suas viagens. Embora ele diga que atualmente se considera mais um viajante do que um fotógrafo, são suas espetaculares fotografias de viagem que lhe trouxeram popularidade. As fotos do autor possuem inúmeras curtidas e republicações, até mesmo entre as celebridades: Leonardo DiCaprio compartilhou uma foto da caverna de gelo feita por Ladanivskyy na Islândia. O fotógrafo realizou outros grandes feitos como a primeira sessão de fotos de casamento no Círculo Polar Ártico nas Ilhas Lofoten.

Фото весілля на Лофотенських островах Олександр Ладанівський

2. Evgeny Maloletka

Evgeny Maloletka é um fotojornalista ucraniano, cujas fotografias foram publicadas em jornais e revistas importantes como Time, The New York Times, The Washington Post, Der Spiegel, Newsweek, The Independent, El País, The Guardian, The Telegraph. Cobriu os eventos ucranianos mais relevantes, desde a Revolução da Dignidade até a pandemia do COVID-19. Ele se tornou conhecido por suas reportagens fotográficas sobre a invasão da Rússia na Ucrânia. As fotos que Evgeny tirou para a Associated Press mostrando o bloqueio de Mariupol, em particular o bombardeio que atingiu a maternidade, ganharam as manchetes. Com este trabalho, ele ganhou o Prêmio Knight Internacional de Jornalismo do ICFJ (assim como Mstyslav Chernov e Vasylisa Stepanenko). Segundo os organizadores, o trio de fotógrafos ucranianos forneceu evidências visuais contundentes e perturbadoras em relação à devastação e o sofrimento humano que o Kremlin tentou negar. Imagens da maternidade destruída por bombas chocaram o mundo inteiro e se tornaram um dos símbolos dessa guerra.

3. Mstyslav Chernov

Mstyslav Chernov é fotorrepórter da Associated Press, diretor de cinema e escritor. Nos anos 2000, começou sua carreira com fotografia feature e fotografia documental. Ao testemunhar os protestos em Istambul em 2013, Mstyslav começou a cobrir guerras e conflitos. Em 2014, trabalhou durante o Euromaidan e em Donbas com o início da agressão militar russa. Chernov foi o primeiro a fotografar o Boeing 777 derrubado perto de Donetsk que lhe rendeu o prêmio Royal Television Society (Reino Unido). Nos anos seguintes, como correspondente de guerra, documentou conflitos militares na Síria, Iraque, Líbia, Nagorno-Karabakh e protestos na Bielorrússia. Após o início da guerra em fevereiro de 2022, Mstyslav Chernov, juntamente com Evgeny Maloletka, trabalhou por 20 dias em Mariupol registrando, através de fotografias, os bombardeios, a destruição, o trabalho de médicos e incontáveis vítimas civis. Os principais meios de comunicação internacionais publicaram suas fotos: The New York Times, The Washington Post, The Wall Street Journal, Forbes, The Guardian, The Daily Telegraph, The Daily Mail, Le Monde, Deutsche Welle, Die Zeit, entre outros.

4. Sasha Samsonova

Sasha Samsonova apaixonou-se pela fotografia na adolescência. Ela dominou a arte fotográfica apenas observando as obras de mestres como Helmut Newton e Richard Avedon. De certa forma, isso influenciou seu estilo, elegante e provocativo ao mesmo tempo. Aos 17 anos, Sasha criou suas primeiras imagens para a revista Harper’s Bazaar da Ucrânia. Em 2013, mudou-se para Nova York e começou a construir sua carreira como fotógrafa e diretora de moda. Um momento importante na vida profissional de Samsonova foi uma sessão fotográfica para Kylie Jenner em seu aniversário de 18 anos. Esta foi apenas a primeira de muitas colaborações de Sasha com a família Kardashian, o que definitivamente a ajudou a atrair mais atenção para seus projetos fotográficos e a se tornar um grande nome no mercado americano. Em 2015, Sasha Samsonova conquistou o prêmio Mercedes-Benz Fashion como melhor fotógrafa da temporada. Atualmente, ela tem colaborações com grandes marcas e revistas como Fear of God, Google, Kylie Cosmetics, Revlon, Vogue, Harper’s Bazaar, L’Officiel e Elle, além disso já produziu vídeos para Pink, Ciara e Gallant.

5. Alexander Chekmenev

Alexander Chekmenev é um dos maiores representantes da fotografia ucraniana contemporânea. Podemos dizer que ele está na profissão há quase toda a sua vida, já que se apaixonou pela fotografia na infância. Sua carreira teve início em um pequeno estúdio fotográfico em sua cidade natal, Luhansk. Nos anos 90, Chekmenev focou em retratar a vida no leste da Ucrânia, expondo honestamente as realidades pós-soviéticas. Foi uma visão privilegiada sobre a transformação de uma grande região de carvão. Em 1997, Alexander mudou-se para Kyiv e começou a trabalhar como fotojornalista. Em 2013, ele foi premiado com o título de Fotógrafo Ucraniano do Ano. Ele também cobriu os eventos mais relevantes da última década, incluindo Euromaidan e a guerra entre Rússia e Ucrânia. Os trabalhos de Chekmenev foram publicados no Blog Lens do The New York Times, revista Time, The Guardian e Vice. Algumas fotografias de Chekmenev fazem parte de muitas coleções particulares e museus, incluindo Mystetskyi Arsenal (Kyiv), Märkische Museum Witten e Museum Ludwig (Alemanha).

6. Marta Syrko

Marta Syrko é uma talentosa fotógrafa e diretora de arte de Lviv. É autora de inúmeras capas de livros, embaixadora da marca 500px e representante da fundação de arte BERGNER EUROPE S.L. Marta trabalha com os gêneros fotografia de moda, retrato e arte, criando fotos sensuais e delicadas que podem lembrar pinturas. De acordo com a criadora, é importante mostrar não apenas uma foto, mas um herói e sua história. Ela trabalha em seu próprio estúdio usando luz natural, água, vidro e espelhos. Além disso, as obras de Syrko foram exibidas em Paris, Londres, Arles e Linz, assim como na plataforma on-line da Frenchman Gallery.

7. Sergey Melnitchenko

Sergey é um excelente representante da geração moderna de fotógrafos ucranianos. Ele fundou a plataforma MYPH, de fotografia conceitual e artística. Desde sua adolescência, ele dançava e se apresentava no exterior, principalmente na China, onde criou uma série de fotos, incluindo “Backstage”, que recebeu o prêmio Leica Oskar Barnack Newcomer (2017). Sergey também ganhou o prêmio de “Fotógrafo do Ano” na Ucrânia (em 2012, 2013 e 2016) e muitos outros prêmios de fotografia. Os críticos de arte dizem que o autor é um dos poucos fotógrafos ucranianos capazes de mostrar de maneira pura e suave, o corpo masculino nu, por meio de sua linguagem artística madura. Nos últimos anos, o fotógrafo teve participação em mais de 150 exposições individuais e coletivas e festivais ao redor do mundo. Seus trabalhos são mantidos em coleções públicas e privadas nos EUA, Hong Kong, Ucrânia, Polônia, França, Alemanha, Bélgica, Lituânia, República Tcheca, Japão, Holanda, Itália, Suíça e outros países.

8. Taras Bychko

Taras Bychko, natural de Lviv, é cofundador do Grupo Ucraniano de Fotografia de Rua, membro da equipe internacional Little Box Collective e embaixador da Fujifilm na Ucrânia. Ele é conhecido pelas suas fotografias de rua e seus documentários vencedores de prêmios de muitos concursos internacionais, incluindo Leica street photo, Miami Street Photo Festival, London Photo Festival e Documentary Family Awards. Seus trabalhos também estão presentes na publicação “100 Great Street Photographs” (2017). E o próprio Taras caracteriza seu estilo como fotografia de vida. Ele fotografa tudo ao seu redor, tentando mostrar a vida como ela é e transmitir a magia do momento. Todos os seus projetos são fotografados na Ucrânia. Em 2021, a Fujifilm dedicou um vídeo a ele como parte de sua série sobre fotógrafos de diferentes países.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Taras Bychko (@tas0ma)

9. Synchrodogs

Synchrodogs é uma dupla de fotógrafos e diretores de arte ucranianos (Tania Shcheglova e Roman Noven) que atualmente moram em Nova Iorque e Los Angeles. Eles ganharam o prêmio “Fotografia de arte” em 2011 realizado pela Harpers Bazaar na Ucrânia, o primeiro prêmio no concurso de fotografia Art Rebels x Canon na Dinamarca em 2012 e o concurso FOAM Construct na Holanda, também em 2012. Além desses prêmios, ganharam muitos outros, incluindo Fotografia Feature e Vogue Itália de Melhor Fotógrafo de Fine Art. A dupla já participou de diversas exposições nos EUA, França, Japão, Polônia, Canadá, Reino Unido, Ucrânia e outros países. Já tiveram seus trabalhos publicados na Revista New York, Dazed and Confused, British Journal of Photography, Vice, Vogue, Wall Street Journal, Harper’s Bazaar. Segundo Tania e Roman, eles atuam tanto no campo da arte quanto da moda, trazendo inovação para as áreas por meio de uma abordagem multidisciplinar. O estilo único da dupla de ucranianos atraiu muitas marcas luxuosas, incluindo Burberry, Swarovski, Kenzo, Shiseido, Ruslan Baginskiy e outras.

10. Valentine Bo

Valentine Bo é arquiteto por formação. Se interessou pela fotografia quando estudava na Lviv Polytechnics. Desde 2010, participa ativamente como fotógrafo em projetos internacionais e ucranianos. Valentine é membro de dois grupos fotográficos. O primeiro é o ‘4in1’, em cooperação com outros fotógrafos (Maria Voynova, Ivan Chernichkin e Yuriy Salabay). O segundo é o ‘Ukrainian Photo Alternative‘ (UPHA). Os grupos foram criados para apoiar o desenvolvimento da fotografia ucraniana contemporânea.
Valentine também é um dos coautores do fotolivro “Flow / Потік”. Em 2014, organizou um ensaio de moda em Mezhyhirya, na antiga casa do Yanukovych (ex-presidente da Ucrânia) para a revista VICE. Em 2017, Bo fez um retrato do diretor David Lynch segurando um feto falso. E ganhou o prêmio “Fotógrafo do Ano” na Ucrânia, no mesmo ano. Em 2018, ele foi nomeado um dos 20 melhores jovens fotógrafos do mundo de acordo com a classificação da revista Foam e ganhou o prêmio Bird in Flight por seu projeto “Your next step would be to do the Transmission” (uma foto desta série foi comprada pelo Museu de Fotografia Foam).

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Valentine Bo (@valentine__bo)

Considerações finais

Cada um destes artistas possui visões, estilos e vidas muito diferentes. Suas obras são tanto honestas quanto sonhadoras, ásperas e ternas, desesperadas e irônicas. Embora haja tantas divergências entre esses fotógrafos, eles compartilham conceitos e histórias que cativam o público no mundo inteiro. Seus prêmios provam o quão maduras e poderosas são suas artes fotográficas para serem apresentadas mundialmente. Neste artigo, apresentamos apenas alguns autores ucranianos que são conhecidos internacionalmente. Você conhece outros? Compartilhe nos comentários.

Confira mais conteúdo sobre fotógrafos:

Cobrindo a Guerra: Entrevista Com o Fotojornalista Christopher Occhicone

Quem Inspira os Usuários do Depositphotos: Melhores Contas de Fotógrafos, Artistas e Designers no Instagram

Explorando a Fotografia de Interiores: Dicas Essenciais e Fotógrafos Para Você Começar a Seguir

 

Para os leitores do nosso blog: imagens por apneas USD 0,80 Compre com desconto

Um pequeno resumo do blog depositphotos