Quando você está apenas dando os primeiros passos em uma profissão, aprender o fundamento e a terminologia básicos é o primeiro lugar para começar.  Na fotografia, você inevitavelmente aprende todas as palavras importantes e seus significados à medida que avança na teoria. Mas, mesmo assim, espera-se que você se lembre de centenas de palavras ao mesmo tempo que o ajudem a dominar suas habilidades profissionais, mas também mostrem que você conhece.

Aqueles que já estão na indústria há algum tempo estão definitivamente familiarizados com os termos de fotografia mais úteis, mas vamos ser honestos, atualizar o básico da fotografia não seria um trabalho ocupado.

Considerando que o aprimoramento do básico é sempre relevante tanto para entusiastas quanto para profissionais, fizemos um guia completo da terminologia da fotografia que você pode manter sempre à mão se estiver se sentindo perdido.

 

30 Termos de fotografia que você deve saber

1. Abertura

Abertura é o tamanho da abertura na lente através da qual a luz viaja para o sensor. Simplificando, quando a abertura está aberta, o fundo fica desfocado, enquanto quando diminui, todos os objetos no quadro ficam nítidos Uma abertura é medida em f-stops e influencia o PDC (profundidade de campo).

2. Proporção da Tela

Uma proporção é definida como a proporção da largura e altura da imagem. É um fator crucial que influencia na qualidade da imagem. A proporção é sempre apresentada no formato x:y, ou seja, de dois números. As proporções mais comuns são 1:1, 4:3 e 16:9.

3. A Hora azul

A hora azul é a hora imediatamente antes do sol nascer ou depois que o sol se põe. Nessas horas, a luz é indireta, suave e com um tom azulado. O céu também pode ser colorido em tons amarelados ou rosados, tornando a hora azul perfeita para dominar suas habilidades em qualquer gênero de fotografia, da paisagem à fotografia arquitetônica.

4. Bokeh

Bokeh pode ser definido como o desfoque artístico do fundo que faz com que a fotografia pareça surreal e sonhadora. Ele não possui regras específicas, mas o segredo de um ótimo bokeh está na qualidade do embaçamento. Lembre-se também de que as configurações e propriedades da lente também afetam a forma, o tamanho e outras características do efeito bokeh.

boke - tangerine in garden

5. Bracketing

Bracketing significa fazer uma sequência de três ou mais fotos com VE (valores de exposição) ligeiramente diferentes. Nas configurações de DSLRs ou câmeras sem espelho, é apresentado como AEB (bracketing de exposição automática). Para um bracketing perfeito, use um tripé e um temporizador para garantir que todas as fotos em uma série sejam tiradas do mesmo ponto de vista.

6. Bulb

Bulb é um modo de configuração da câmera que permite definir manualmente o tempo durante o qual o obturador será aberto. Este modo é particularmente útil ao tirar fotos em condições de pouca luz.   No entanto, você precisa usar um tripé e um timer para fotos nítidas.

7. Composição

Composição em fotografia é a maneira como os elementos visuais são organizados. Em geral, existem 10 regras básicas de composição que todo profissional deve ter em mente. Eles incluem a regra dos terços, a proporção áurea e outros princípios que podem ajudá-lo a aperfeiçoar suas habilidades fotográficas e, eventualmente, descobrir como quebrar as regras padrão da fotografia de maneira criativa.

8. Contraste

Na fotografia, o contraste é uma ferramenta usada para chamar a atenção para um objeto. Existem dois tipos dele:

  • contraste de tom
  • contraste de cor

O primeiro implica brilho variável em diferentes áreas, o que torna a imagem mais explícita. O contraste de cores ocorre quando duas cores contrastantes prevalecem na fotografia. Acontece que quanto mais cores no quadro, menor o contraste da cor.

desert landscape

9. Profundidade de Campo

PDC ou profundidade de campo é a distância entre os pontos mais próximos e os mais distantes de uma imagem.  É um dos termos e ferramentas de fotografia mais importantes que permite focar a atenção do público no assunto exato, variando o que está em foco no quadro final.

10. Distorção

Outro termo que todo fotógrafo deve saber é distorção. É quando as linhas retas dobram porque os objetos capturados estão localizados a distâncias diferentes de você.  Na maioria das vezes, isso acontece quando você precisa inclinar a câmera para tirar uma foto de um prédio ou de um monumento enorme. 

11. Alcance dinâmico

O alcance dinâmico ou latitude de exposição é o alcance do brilho dos objetos que a câmera percebe como do preto ao branco. Em outras palavras, quanto maior o alcance dinâmico for, mais detalhes e cores podem ser capturadas. Se o alcance dinâmico dos objetos for maior que o alcance dinâmico geral da câmera, todas as imagens serão superexpostas.

12. DSLR

A DSLR é uma câmera que usa um espelho para direcionar a luz da lente para o visor. No início da última década, as DSLRs eram extremamente populares entre os entusiastas e profissionais da fotografia. Enquanto isso, hoje em dia, mais e mais pessoas mudam para alternativas sem espelho mais leves e compactas.

Digital camera back side

13. Exposição

Exposição significa a quantidade de luz que atinge o sensor da câmera durante um determinado período de tempo. Se uma fotografia é mais escura que a cena real, a imagem é subexposta. Por outro lado, se uma imagem é mais clara, é superexposta. Em geral, a exposição é afetada por três fatores principais: velocidade do obturador, abertura e sensibilidade (ISO). Eles também são chamados de Triângulo de Exposição.

14. Valor de exposição

VE (valor da exposição) é um termo técnico que caracteriza as condições de iluminação e os parâmetros de exposição necessários para tirar fotos sob determinadas condições. Funciona de acordo com o princípio: quanto maior o número, menor a exposição.

15. Distância focal

A distância focal é a distância do centro óptico da lente ao sensor da câmera, indicada em milímetros. É um dos valores mais importantes que caracterizam uma lente e, portanto, um termo básico de fotografia que todo profissional deve conhecer.

16. F-stop

O F-stop determina o valor da abertura. Implica a proporção do tamanho da abertura da abertura e a distância focal. Quanto menor o valor da abertura, maior o diâmetro da abertura e, portanto, maior a quantidade de luz viaja para o sensor da câmera.

17. A hora dourada

A hora dourada é a hora imediatamente antes do sol nascer ou depois que o sol se põe. Neste momento, a iluminação é suave e difusa. Não há sombras nítidas e todas as imagens capturadas durante a hora de ouro têm brilho quente e dourado.

Dramatic Tropical Sunrise

18. HDR

A imagem HDR é uma tecnologia de fotografia que fornece cores e tons claros, clareza de objetos e brilho otimizado da imagem. O HDR envolve uma série de quadros que têm diferentes partes da imagem em foco que são combinadas em um durante o pós-processamento, por exemplo. O bracketing mencionado acima é frequentemente usado para criar imagens HDR.

19. ISO

A definição de ISO é bastante curta – é a sensibilidade do sensor da câmera à luz. O ISO permite ajustar o brilho do quadro sem alterar a velocidade do obturador e a abertura. Quanto maior o valor ISO, menos tempo leva para o sensor digitalizar a imagem da lente.

20. JPEG

JPEG significa Joint Photographic Experts Group, é um formato de gráfico compactado na câmera. Também pode ser definido como um método de compactação com perdas disponível na maioria das DSLRs. Por que com perdas? Porque a câmera exclui automaticamente alguns bits da imagem para poder pesar menos.

21. Reflexo de lente

 Reflexo de lente refere-se ao reflexo da luz na lente da câmera. É frequentemente usado para aumentar o brilho percebido da imagem, bem como para adicionar mais ambiente a ela.

Reflection of young and fashionable woman in sideview mirror

22. Longa exposição

A longa exposição é uma ferramenta de fotografia que permite criar fotos artísticas com trilhas de luz desfocada ou movimento do objeto capturado. Embora seja bastante complicado, pois você precisará ajustar o ISO, a velocidade do obturador e a abertura manualmente, a fotografia de longa exposição é especialmente fascinante durante a noite. Você só precisa ter um tripé robusto à mão.

23. Manual

O modo manual em fotografia são as configurações da câmera que permitem controlar a velocidade do obturador, ISO e abertura. No entanto, é bastante complexo e você definitivamente precisa ter uma base sólida em fotografia.

24. Câmera mirrorless

As câmeras mirrorless, diferente das DSRLs, não têm espelho. Quando os fotógrafos olham pelo visor, eles vêem exatamente o que a lente “vê”. A vantagem das câmeras sem espelho em relação às DSLRs é que elas são mais leves, menores e perfeitamente adequadas para a fotografia do dia a dia.

25. Ruido

O ruído é um defeito com pixels caóticos coloridos ou monocromáticos espalhados por toda a imagem. Quanto mais ruído houver, mais granulada será a imagem. Entre os fatores que influenciam o ruído estão os sensores da câmera e o ISO alto.

26. Orientação

Você definitivamente conhece esse termo fotográfico, mas não podemos deixar de mencioná-lo em nosso guia para os termos básicos. Em resumo, a orientação é a maneira como você tira uma imagem. É dividido em dois tipos: vertical (retrato) e horizontal (paisagem).

Por falar no mais popular no momento, a orientação vertical é a última tendência dos bancos de imagem e das fotografias do Instagram

Featured Collection: Vertical Images and Videos

27. RAW

RAW é um formato de gráficos que contém dados não processados ou minimamente processados. Ele pesa mais que o JPEG, mas quando se trata de edição ou pós-produção profissional, permite que você melhore as imagens sem perder significativamente a qualidade. Os fotógrafos têm mais controle com a edição de formatos de arquivo RAW, em oposição ao JPEG. 

28. Velocidade do obturador

A velocidade do obturador é o momento em que o obturador da câmera é aberto à luz. Funciona de acordo com o princípio de que, se você estiver fotografando objetos em movimento, a velocidade do obturador deve ser curta para obter uma imagem nítida. Resumidamente, o uso de uma velocidade curta do obturador permite tirar uma fotografia equilibrada em nitidez.

29. Visor

O visor é o elemento da câmera que permite aos fotógrafos ver a imagem que gostariam de capturar. Seu objetivo é indicar os quadros da imagem desejada, ajudando a ajustar o foco ou a inclinação da câmera. O visor é a janela da câmera para o mundo. Lembre-se de que as imagens nem sempre saem exatamente como você vê no visor devido a alterações nas configurações básicas da câmera.

30. Balanço do branco

Balanço do branco é uma palavra importante a incluir no seu vocabulário de fotografia. Pode ser definido como configurações da câmera que permitem controlar a temperatura da cor de uma imagem. Os tons azulados ou amarelados aparecem na imagem quando o balanço de brancos foi ajustado incorretamente durante o disparo. No entanto, às vezes, pode ser adicionado para fins artísticos durante a fase de pós-processamento.

shot of laptop on bed

Mantenha esses termos de fotografia em mãos e recorra a eles sempre que desejar atualizar o básico. Também gostaríamos de compartilhar com você alguns outros artigos que o inspirariam a dominar ainda mais suas habilidades fotográficas e o motivariam a experimentar diferentes gêneros:

1. Dez fontes infinitas de inspiração para fotografia

2. Melhores fotógrafos do Instagram que valem ser seguidos

Assine nosso blog

Mantenha-se atualizado com as tendências, obtenha dicas e insights valiosos, além de materiais bônus.