O marketing de mídia social é um campo dinâmico que está constantemente mudando e esse é um dos muitos motivos pelos quais pode ser opressor. Conforme nos aproximamos de um novo ano, esse é o momento para reavaliar sua abordagem nas mídias sociais e fazer algumas mudanças.

Para te ajudar a manter apenas as melhores práticas de mídia social, preparamos uma lista de coisas que você deve parar de fazer em 2021. Continue a leitura para criar conteúdo de alta qualidade, aumentar o engajamento, construir uma comunidade de marca e muito mais.

 

Empresário digitando no laptop

❌ Não publique o mesmo conteúdo em todas as redes sociais

Inicialmente, era comum criar um conteúdo e depois compartilhá-lo em todas as redes sociais. Por um tempo, essa prática funcionou. Os canais de mídia social eram muito vazios e as pessoas ainda não se sentiam exaustas com a sobrecarga de informações. Porém, isso mudou. Se você continuar publicando as mesmas coisas sem deixá-las específicas para a plataforma, seu nível de engajamento e o número de seguidores continuarão diminuindo cada vez mais.

✅ Reaproveite conteúdo de alta qualidade em várias plataformas

Claro que não estamos dizendo que você deve publicar algo em apenas um de seus canais. Você pode usar suas criações de uma maneira mais eficiente reaproveitando conteúdo. Mas você deve saber quais formatos são mais adequados e como o seu público difere dependendo da plataforma.

Vamos usar como exemplo a Casper, uma empresa de produtos para o sono. No Instagram, a empresa compartilha conteúdo autêntico gerado pelo usuário, fotos profissionais para mostrar seus produtos, lindas imagens relacionadas ao sono e vídeos engraçados e informativos do TikTok.

A empresa não possui conta no TikTok, mas colabora com os TikTokers que criam conteúdos originais e envolventes para ela. Esses criadores de conteúdo publicam vídeos no aplicativo e, em seguida, as equipes sociais da Casper republicam em suas contas do Instagram e Twitter. Existem muitas outras marcas que também optam por não estar presentes diretamente no TikTok, mas investem em colaborações semelhantes.

Casper on Instagram

Fonte: Instagram

E quando se trata do Pinterest, a Casper possui vários quadros inspiracionais: Lazy Sunday, Wake up with a view, Make your bedroom bedder. As imagens não mostram produtos Casper, mas são altamente relevantes para o seu público-alvo. O plano estratégico aqui é que o público comece a procurar inspiração de estilo de vida ou design, e acabe comprando um colchão Casper.

Bedroom design options

Fonte: Pinterest

❌ Não exagere no tom brincalhão

Artigos sobre as melhores práticas de mídias sociais frequentemente incluem exemplos de profissionais de marketing sendo francos, maldosos e, às vezes, até arrogantes. Mas é uma linha muito tênue e nem todos podem fazer isso. Além disso, nem toda marca precisa desse tipo de comunicação ou pode correr esse risco. Sempre que quiser publicar uma piada, pergunte-se: ela se encaixa nos nossos valores e estratégia da marca? É respeitosa? Isso nos ajudará a atingir nossos objetivos? Se você tiver alguma dúvida a respeito – desista.

O Burger King do Reino Unido teve uma das maiores falhas de comunicação nas redes sociais em 2021. No Dia Internacional das Mulheres, eles publicaram um tweet (disponível abaixo), que foi deletado logo depois.

Burger King Twitter

Fonte: USA Today

Posteriormente, eles explicaram que a ideia era chamar a atenção “para o fato de que apenas 20% dos chefs profissionais nas cozinhas do Reino Unido são mulheres”. A intenção era boa, mas a execução foi péssima e não deu certo. É importante ressaltar que o Burger King é conhecido pela sua comunicação ousada. Além disso, ele possui um sistema de apoio – financeiro, jurídico e de reputação – que pode ajudá-lo a lidar nessas situações. Mantenha isso em mente!

✅ Escolha um tom certo para a sua marca

Definir um tom de voz e segui-lo é um desafio muito complexo que requer tempo e esforço. Aprofunde-se nos valores da sua marca e pesquise o sobre seu público-alvo. Depois, encontre uma maneira de ser leal a ambos por meio da sua comunicação. Faça instruções claras para que outros membros da sua equipe possam segui-las com facilidade. E não deixe os memes te distrair.

Oatly é uma daquelas marcas que continua surpreendendo tanto o público em geral quanto os profissionais de marketing experientes. E eles também são uma das razões pelas quais a ousadia persiste em sua comunicação nas redes sociais. Porém, a marca não encontrou sua voz imediatamente e de vez em quando ela abaixa o tom. Confira os tweets abaixo para confirmar. Um tweet é arriscado, enquanto o outro é o mais seguro possível. Equilíbrio é a palavra-chave.

Oatly on Twitter

Fonte: Twitter

❌ Não pague por seguidores, likes ou comentários

Em algum momento, os números nas plataformas de mídia social deram às marcas um nível de credibilidade inquestionável. Porém, esse truque parou de funcionar depois que as click farms se tornaram uma realidade. Do que importa ter centenas de milhares de seguidores quando eles não são pessoas reais interessadas no que você oferece? Não é preciso ter um software caro de marketing para descobrir se quem você segue é real, com base no número de curtidas e comentários. Algumas reações extras nas suas publicações podem ser baratas, mas sua reputação não.

✅ Construa uma comunidade de marca

Não dê muita importância à quantidade, foque na qualidade. Em vez de aumentar o número de seguidores, concentre-se em construir a comunidade da sua marca. Dedique mais tempo para interagir com eles – faça perguntas, responda de forma adequada, ajuste sua estratégia de mídia social com base nos dados que você coletar. Em algum momento, pode ser que você descubra que sua marca já possui embaixadores genuínos que podem ter uma participação ativa na sua comunidade. Claro, essa abordagem irá exigir mais recursos, mas os resultados valerão muito a pena.

A Glossier é uma marca com uma das comunidades mais leais que existe. Eles vendem produtos de beleza e se autodenominam um ecossistema de beleza movido a energia humana. Para eles, a comunidade foi uma grande prioridade desde o início, e essa estratégia deu muito certo. Sua equipe de mídia social interage com os clientes e seguidores de forma muito pessoal. O vínculo da comunidade com a marca em particular é tão forte que alguns membros até criaram fantasias Glossier para o Halloween.

Glossier on Instagram

Fonte: Instagram

Social Media Practices You Should Leave Behind in 2021 6

Fonte: Instagram

❌ Não se baseie apenas no tráfego orgânico

Muitos profissionais de marketing ainda são obcecados pelo tráfego orgânico. Para eles isso é uma prova de que estão no caminho certo. Além disso, não requer despesas adicionais, o que é ótimo. Porém, não é suficiente se o seu objetivo é continuar expandindo o seu negócio. Está cada vez mais difícil de se obter um alcance orgânico, então pare de limitar o potencial da sua marca.

Não espere o seu público-alvo te encontrar, porque isso pode demorar um pouco ou nem acontecer. Em vez de esperar, aproveite todas as possibilidades que as plataformas de mídia social oferecem para os anúncios: alcance segmentos específicos de seu público-alvo, use formatos diferentes, obtenha novos insights sobre seus clientes potenciais.

✅ Trabalhe com anúncios de forma eficaz

Segundo o Statista, 35% dos entrevistados afirmam que os anúncios de mídia social influenciam suas compras. Esse número pode variar, dependendo dos dados demográficos, mas a principal lição é que os anúncios funcionam e não demandam muito orçamento. Além disso, o custo por clique ainda pode ser significativamente menor nas redes sociais em comparação com o Google AdWords.

Use todos os recursos on-line disponíveis. Navegue pelo mundo dos anúncios para combinar tráfego orgânico e tráfego pago. Por exemplo, veja o folheto de mídia social do Pew Research Center. Ele poderá te ajudar a entender melhor o seu público-alvo e a decidir onde obter os anúncios. E não se esqueça de que, em 2021, 70% dos usuários compraram de uma marca depois de ver seu anúncio em um vídeo do YouTube.

Jovem assistindo uma transmissão ao vivo em seu telefone

❌ Não ignore conteúdos de vídeo em alta

O vídeo vem dominando as plataformas sociais há anos, e continuará dominando. Não é uma questão de saber se você precisa criar conteúdo de vídeo. É uma questão de como você deve fazer isso. O vídeo de formato longo está perdendo relevância devido à presença avassaladora de clipes snackable (de fácil entendimento). Não desperdice seus recursos com algo que não está funcionando atualmente.

✅ Crie conteúdo de vídeo relevante

Veja o que está acontecendo com o TikTok, com o Reels no Instagram, o Snapchat, o Stories no Facebook e o Shorts no YouTube. Vídeos de formato curto estão em toda parte! E chegou a hora de encontrar a maneira mais adequada de representar sua marca neste formato específico. Isso não significa que você deve criar uma conta no TikTok de imediato, embora ele tenha alcançado 1 bilhão de usuários ativos mensais em setembro. Mas recomendamos escolher plataformas e formatos que sejam relevantes para você.

Lembre-se de que você não precisa filmar tudo, até porque existem vídeos de alta qualidade disponíveis em mercados como o Depositphotos. Você também pode deixar seus clipes ainda mais ambientais adicionando músicas temáticas ou efeitos sonoros.

Blogueiros de moda sentados com caixa na frente da câmera

❌ Não mencione todos os principais eventos ou assuntos

Há celebrações e crises de algum tipo diariamente. Normalmente, ambos e simultaneamente. Pode parecer que você tenha que comentar sobre cada coisa que acontece para chamar a atenção, mas isso é uma coisa irreal e irracional. Não fique procurando todas as notícias, feriados ou memes. Isso esgotará sua equipe e sua comunidade, e não servirá para seus objetivos. Descubra quais ocasiões são importantes e relevantes para sua marca e foque nelas.

✅ Implemente o marketing situacional

Esta é uma abordagem que envolve criação de conteúdo em torno de um determinado evento, feriado ou conteúdo viral enquanto o tópico ainda está em alta. Normalmente, essa é uma poderosa oportunidade de chamar a atenção de um público muito maior. E mesmo que você não consiga prever ou planejar essas circunstâncias, você pode se preparar com base no que sabe sobre os próximos eventos ou lançamentos. Porém, os melhores resultados ocorrem no calor do momento.

Você deve se lembrar que no dia 4 de outubro, o Facebook, Instagram e WhatsApp ficaram fora do ar. Isso causou diversos problemas, mas também deu a todos um motivo para interagir e se divertir. Um pequeno tweet na conta oficial do Twitter deu início a um tópico que poderia eventualmente se tornar um stand-up. Aqui está a resposta do McDonald’s a esse tweet, e o que a conta Snickers tinha a dizer a respeito da situação. Esses são apenas alguns exemplos de um ótimo marketing situacional.

Twitter

Fonte: Twitter

McDonald's on Twitter

Source: Twitter

Snickers on Twitter

Fonte: Twitter

Resumindo

As marcas irão investir muito mais em marketing em 2022. Para continuar com uma presença on-line forte, é importante implementar as melhores práticas de mídia social. Resumindo, reaproveitar conteúdos de alta qualidade em várias plataformas, construir uma comunidade de marca e criar conteúdo de vídeo. Salve este guia para te ajudar a desenvolver a melhor estratégia de marketing de mídia social e a implementá-la com sucesso no ano que vem.

Para os leitores do nosso blog: imagens por apneas USD 0,80 Compre com desconto

Um pequeno resumo do blog depositphotos