Nós sabemos, criar a partir do zero é um trabalho árduo. Essas cores andam juntas? Esta fonte funciona com esta? Estou conseguindo a composição certa? Para começar, vamos lidar com o fato de que nem todos foram para a faculdade de arte, mas isso não significa que você não possa ser um designer! Este artigo será uma coleção de dicas simples de design gráfico que são fáceis de entender e ajudarão a elevar seus designs.

Pense nisso um curso intensivo, o conhecimento do que é aplicável depois que você pensar sobre alguns princípios básicos. Se você está criando imagens para mídias sociais, postagens em blogs ou anúncios, sabe que não precisa de um diploma de design gráfico, precisa apenas das ferramentas certas e de um pouco de conhecimento básico. A boa notícia é que ambas as coisas estão neste artigo. Vamos desmontá-lo em 10 etapas fáceis de seguir.

Dica #1: Lembre-se sempre para quem você está criando

graphic design tips for non designers tip 1

Como qualquer outro projeto, seus recursos visam um público específico. Lembre-se sempre de mantê-los em mente. Isso realmente ajuda a ter uma ideia de uma pessoa, semelhante ao conceito de seu “leitor ideal” com a escrita. Isso realmente ajuda você a criar projetos com um propósito adequado para o seu público-alvo

Se você já fez alguma pesquisa, conhece a demografia do seu público. O contexto do seu design realmente importa. Você não gostaria de produzir um design sofisticado e elegante para um público adolescente ou algo tão rápido que uma audiência mais antiga não irá gostar.

Mantendo seu público em mente, você está adaptando seus projetos para atraí-los. Isso também ajuda você a ter um senso de direção, um estilo geral mais coerente e até mesmo o esquema de cores certo que nos leva ao próximo ponto.

Dica #2: Curso intensivo de teoria das cores

graphic design tips for non designers tip 2

Você pode se sentir sobrecarregado com tantas opções de cores, matizes, tons e as infinitas possibilidades de usar cores. Existem algumas ferramentas realmente simples que podem ajudá-lo a escolher esquemas de cores. Por exemplo, se você realmente não conseguir definir um esquema de cores, poderá usar o Coolors e continuar clicando na barra de espaço até encontrar um esquema de cores de sua preferência.

Se você está se sentindo um pouco mais confiante, existe a ferramenta Pictaculous, que permite que você envie uma imagem e encontre as cores que a acompanham, ou o simples também Cohesive Colors. Pronto. Não teve que ir para a escola de design para aprender o básico da teoria das cores!

Dica #3: Crello como ferramenta de aprendizado

ezgif-5-a3c4d42995

Se você é novato em design, experimente o Crello. A ferramenta de design simplificada não é apenas para criar facilmente desenhos a partir do zero, mas também é uma fonte de inspiração com designs feitos por designers profissionais.

Use modelos gratuitos para ter uma ideia de como as composições funcionam, quais fontes funcionam melhor juntas e os tipos de recursos visuais que você deve usar em seus designs. Criar um design no Crello é muito simples e você pode ter designs prontos em poucos cliques.

Dica #4: Torne-se um colecionador de fotos

Graphic design tips for non designers tip 4

Muitos de seus designs precisarão de recursos visuais agradáveis. Uma grande fonte de inspiração de visuais já selecionados manualmente para diferentes temas são nossas coleções em destaque. Se você frequenta o Depositphotos, pegue suas imagens favoritas na sua pasta Favoritos e deixe-as prontas para seus designs. O Crello também tem fotos gratuitas em “Fotos” – “Fotos gratuitas”. Seja qual for o método escolhido, é uma boa ideia salvar suas imagens favoritas para que você tenha algo para escolher quando estiver criando.

Dica #5: Ordem, alinhamento e proporção

Graphic design tips for non designers tip 5

Para ajudá-lo a manter tudo organizado, o Crello possui um recurso que permite alinhar objetos com facilidade. Linhas de grade aparecerão automaticamente quando você alinhar seu texto ou objetos manualmente. Para que um design pareça apresentável, as coisas precisam ser bem organizadas.

Você pode usar elementos de design adicionais para corresponder ao seu texto. Para manter as proporções, verifique se a espessura dos seus elementos corresponde à do peso das fontes. Não ocupe seus designs com muitos elementos, tente mantê-los limpos.

Seus designs devem ter uma hierarquia visual. O maior elemento ou a maior fonte será visto ou lido primeiro. Use texto menor para subtítulos e um tamanho de texto ainda menor para o seu corpo. Não tenha medo de escala. Alguns tipos parecem ótimos em um tamanho maior e ajudarão a atrair a atenção para os elementos importantes do texto nos seus projetos.

Dica #6:Limite as fontes em 2 ou 3

graphic design tips for non designers tip 6

Um dos erros mais comuns dos novatos é usar muitas fontes em seus projetos. Felizmente existe uma regra de ouro, que diz para você limitar suas fontes em 2 ou 3, mas não mais do que isso. O que poderia dar errado? Às vezes, até mesmo escolher 2 é um trabalho árduo! Aqui está um pequeno artigo sobre os pares de fontes que deve te ajudar aqui.

A razão pela qual você deve evitar o uso de muitas fontes é porque é muita coisa para os olhos. Idealmente, você deve usar fontes da mesma família para seus títulos, subcabeçalhos e texto do corpo. Não alterne entre as diferentes fontes porque tende a parecer um pouco amador.

Dica #7: Não esqueça da hierarquia visual

graphic design tips for non designers tip 7

Embora este seja um tópico extenso, você pode entendê-lo facilmente pensando em sua composição geral como uma forma de hierarquia. O recurso mais visualmente dominante (o objeto em uma imagem, texto ou elemento de design) deve ser a parte mais importante da sua mensagem. É para onde o olho será conduzido primeiro.

Para verificar se você está fazendo certo, peça uma segunda opinião! Pegue o colega de trabalho mais próximo e pergunte a ele o que ele vê em primeiro lugar, em segundo e em último, dependendo da quantidade de texto que você tem e do quão sobrecarregado é o seu design. Brincar com escala, sobreposições de cores e fontes é importante nesse estágio.

Dica #8: Dominando a sobreposição de cores

Graphic design tips for non designers tip 8

A maneira mais fácil de destacar sua fonte é usar sobreposições de cores. Ela pode ser uma sobreposição parcial ou uma sobre sua imagem inteira. Evite cores super fortes e tente alterar a opacidade da sua camada de cores para que fique mais integrada ao seu design.

Se você está em dúvida de quais cores usar em suas imagens para as sobreposições de cores, consulte as ferramentas de paleta de cores de que falamos anteriormente. A adição de sobreposições de cores torna seu texto mais legível e pode ser uma ótima maneira de adicionar interesse visual às suas composições.

Dica #9: Use espaços vazios

Graphic design tips for non designers tip 9

Muitos não designers estão um pouco hesitantes em deixar espaços em branco em um design. Espere, mas não devo adicionar algo para cobrir esse espaço? Não. Não tenha medo de deixar intencionalmente espaços em branco nos seus designs. Você sabe disso, e nós sabemos disso, menos, às vezes, pode ser mais.

Ao tomar uma decisão ponderada sobre deixar algum espaço, você está realmente dizendo aos espectadores que deseja que eles se concentrem em outros aspectos mais importantes do seu design. Se você começar a preencher todo o espaço em branco, acabará com um design desordenado que será difícil para os olhos. Ninguém quer desordem em seus projetos.

Dica #10: Mantenha simples

Graphic design tips for non designers tip 10

Quando você se familiarizar com todas as ferramentas disponíveis para você, todos os efeitos e recursos interessantes, você pode querer usar todos eles. Não se contenha com a tentação. Se você começar a adicionar muitos elementos desnecessários, seus projetos perderão qualquer senso de equilíbrio. Lembre-se, cada elemento que você adicionar à sua composição deve ter um propósito lógico.

É isso mesmo, tudo que você adiciona a seus designs é importante, independentemente do formato para o qual você está criando. É por isso que é sempre bom mantê-lo simples e deixar os olhos apreciarem os pequenos detalhes e a imagem maior. Isso não quer dizer que você não pode usar uma variedade de elementos, mas deve usá-los com moderação para dar aos espectadores uma pausa visual em vez de sobrecarregá-los.

No final, a chave é a consistência

Por último, e uma chave para todas as dicas é você realmente tem que entender e ser capaz de justificar suas escolhas de fontes, elementos de design, imagens e outros detalhes. Isso é criar com um propósito. O pensamento, quando está em mente, é compatível com a consistência em criar vários projetos para uma série de postagens de blogue, publicações de mídia social ou anúncios.

Como você provavelmente pode dizer, essas dicas não são difíceis de dominar. Uma vez que você percebe a importância das partes separadas de um projeto, sua função e necessidade, você chega um pouco mais perto de uma composição esteticamente agradável criada por ninguém menos que você, um não designer com algumas habilidades loucas. Boa sorte!

Assine nosso blog

Mantenha-se atualizado com as tendências, obtenha dicas e insights valiosos, além de materiais bônus.