how-to-use-photography-to-build-a-brand

A internet é dividida entre texto e imagens. Já que o nosso cérebro processa as imagens muito mais rápido que textos, é seguro dizer que a fotografia é uma das suas ferramentas mais poderosas quando se trata de branding.

A identidade da sua marca se estende muito além do seu site. Se você está começando com o seu próprio site, tem um blog ou simplesmente precisa de mais elementos visuais para criar a identidade da sua marca, conteúdo visual é o elemento chave na sua estratégia. Se quisermos analisar como a fotografia pode melhorar seus projetos, nós precisamos desenhar exemplos de curadorias excelentes de fotografia.

Vamos dar uma olhada em dois negócios similares e as escolhas que eles fizeram para construir a sua marca usando a fotografia.

zara-home-examples-of-good-photography-on-a-website

Créditos da imagem: Zara Home

Ambas, Zara e Ralph Lauren tem uma extensão ‘Home’ da sua marca, no entanto, vale a pena observar como elas abordam sua interpretação de marca. Cada página conta uma história de como é o seu produto, sobre o que é sua marca e o tipo de cliente que estão tentando atrair

examples-of-photography-used-by-a-brand

Créditos da imagem: Ralph Lauren Home

A Zara Home tem tudo a ver com preços acessíveis e aconchegantes, enquanto a Ralph Lauren tem mais a ver com luxo e sofisticação. Como você pode ver, as marcas são bem diferentes e usam recursos visuais para traduzir suas mensagens para dois públicos diferentes.

Analisaremos como a fotografia pode ser usada para criar sua marca e as etapas que você pode seguir para ter uma coleção de imagens com maior curadoria. Recursos visuais determinarão o sucesso da sua marca, portanto, saber como proceder para sua escolha é crucial desde o início.

O papel da fotografia na marca

Como nos exemplos acima, ambas as marcas usaram imagens típicas de interiores, mas para finalidades e clientelas diferentes. É assim que você tem que se aproximar representando sua marca – levando em consideração as pessoas que você quer atrair e a mensagem que precisa ser comunicada.

Cada marca incorpora recursos visuais em sua história de marca. Eles ajudam a traduzir sua personalidade, estética e oferecem suporte à sua identidade de marca. Algumas marcas usam a fotografia melhor que outras e é por isso que estamos aqui, para ajudá-lo a permanecer no topo.

examples-of-photography-in-web-design

Créditos da imagem:  http://www.nigelriches.co.uk/

Como usar a fotografia para construir sua marca

1. Do conceito à visualização

Como todas as grandes ideias, construir sua marca e desenvolver a estética começa com um conceito. Você tem que ser capaz de responder às perguntas básicas sobre sua mensagem de marca, conceito e objetivo. Ter uma visão geral clara dessas três coisas o levará para a próxima etapa – visualização.

Antigamente, as marcas criaram ‘vision boards’ (também conhecidos como moodboards). Hoje, somos sortudos por ter ferramentas como o Pinterest para nos ajudar nessa tarefa. Você pode começar o mesmo na sua aba de Favoritos no Depositphotos. Comece a reunir imagens que te inspiram em outras marcas, revistas, produtos, sites e assim por diante.

creaating-a-moodboard-finding-images-for-website

Visualize sua marca. Qual mensagem você deseja que seu público tire ou que eles aprendam sobre você? Traduzir esses pensamentos (e sentimentos) no seu moodboard. A personalidade da sua marca deve ser forte e clara. Isso significa ser consistente na sua escolha de visuais. Opte por auxílios visuais coerentes que estão associados.

2. Faça uma curadoria com a sua coleção

Depois que você estiver com todas as suas imagens em um lugar, se transforme em um editor implacável. Olhando entre as suas coleções, você começará a ver padrões. Reserve um tempo para filtrar sua seleção de imagens para reduzir sua visão às imagens necessárias e essenciais. Esta talvez seja a parte mais difícil, mas também é fundamental para te ajudar a ampliar suas imagens que representam sua marca.

Uma boa maneira de se abordar esse estágio é se colocar no lugar do seu público. Visualize as pessoas as quais você gostaria de trabalhar e os que estarão interessados no seu produto. Você está projetando e escolhendo recursos visuais para eles.

O exemplo abaixo é a nossa coleção Color Spectrum que foi organizada por cores. Começamos coletando imagens em cores semelhantes para depois editar a coleção para nossos clientes. Isso nos leva para o próximo passo.

how-to-curate-a-collection-of-images

3. Filtrar por excelência

Enquanto cura sua coleção, você tem que levar em consideração coisas como cores, estilo, qualidade, e até mesmo o visual de seus concorrentes. Para saber mais, confira nosso artigo sobre como Conquistar seus clientes com conteúdo visual.

Considere as tendências de cores atuais e as tendências de fotografia de stock. Opte por imagens com iluminação natural, com composição adequada e uma vibração autêntica. Se houver pessoas em suas imagens, certifique-se de que elas apareçam naturais e traduzam sentimentos sinceros.

depositphotos_110871134_m-2015

3. O estilo de fotografia levará à coerência

Estéticas e tendências não ficam paradas. Os principais estilos de design que você deve conhecer incluem clássico, retrô, material, artesanato e minimalista. Passe algum tempo se familiarizando com os diferentes estilos para ver qual categoria sua marca se encaixa.

Note que alguns fotógrafos de stock têm séries de fotografias com as mesmas modelos ou cenários, o que pode te ajudar posteriormente com consistência e ajudar no aspecto de storytelling para a sua marca.

stock-photography-storytelling-depositphotos

Créditos da imagem: Cokacoka

4. Trabalhe duro para contar uma história

Seja crítico com as suas escolhas de recursos visuais. Sempre se questione “o que essa fotografia traduz?”. Selecione imagens que podem te ajudar a contar uma história em um estilo narrativo. Não opte por imagens apenas para adicionar algo ao seu conteúdo. Em vez disso, tente encontrar os recursos visuais que melhorem o seu texto.

Quando você está submerso nos pensamentos de contar uma história com suas imagens, consistência no estilo se desdobrará naturalmente. Você começará a ver novos padrões e sua seleção de imagens será bem mais coerente com a sua permanência no estágio de edição.

how to use photography to build a brand

Créditos da foto: https://www.anchour.com/

5. Priorize qualidade e criatividade

Julgue cada fotografia do mesmo modo que você faria com qualquer outro projeto de design.  As coisas que deve se manter atento são, iluminação, contraste, uso de cores, composição e possíveis distrações. A iluminação deve ser natural, o contraste apropriado para a imagem e as cores atraentes e harmônicas. Certifique-se de que suas imagens não entrarão em conflito.

Composições fortes é um dos aspectos mais importantes. A fotografia é forte e envolvente? Questione-se antes de fazer seu anúncio final. Por último, certifique-se de que não há ruídos ou elementos de distração no quadro.

Escolha fotografias não convencionais porque são esses pontos focais e as composições que irão atrair um público mais amplo. Seja criativo! Não fique preso nos detalhes técnicos e experimente um pouco mantendo a qualidade e a consistência em mente.

how to use photography to build a brand

Depois de ter suas imagens reunidas em um só lugar, você terá um moodboard que representa sua estética e sua mensagem de marca. Esta é uma coleção que você pode voltar a editar a qualquer momento. O mais importante é começar o brainstorming e começar sua busca.

Por onde você começa a procurar imagens atraentes para construir sua marca? O Depositphotos é um lugar com vantagens e você não perde seu tempo procurando recursos visuais. É um dos poucos lugares que lhe dará a liberdade de fazer o download de qualquer imagem por USD$ 1 com nosso novo plano flexível. Basta criar um álbum na sua guia Favoritos e iniciar sua pesquisa.

Comece a procurar imagens

Assine nosso blog

Mantenha-se atualizado com as tendências, obtenha dicas e insights valiosos, além de materiais bônus.