Existem bilhões de estrelas no céu, mas conhecemos apenas uma parte delas. Vários objetos podem ser observados a olho nu e outros requerem equipamentos especiais — de qualquer forma, a astrofotografia oferece uma galáxia de possibilidades.

Nas grandes cidades, onde quase tudo possui iluminação artificial, muitas pessoas nunca tiveram a oportunidade de ver a Via Láctea ou a constelação da Ursa Maior — esse é um dos motivos pelos quais as fotos do céu noturno são tão populares. Se você está procurando um hobby ou quer um novo desafio, a astrofotografia pode ser uma ótima opção para você.

No começo, fotografar o céu à noite pode parecer intimidante, mas você não precisa gastar uma fortuna em equipamentos e cursos para tentar. Preparamos um guia básico sobre astrofotografia. Confira!

O que é astrofotografia?

No geral, a astrofotografia captura diferentes corpos celestes no céu noturno. Incluindo a lua, estrelas, planetas e até galáxias, e podem variar de imagens de paisagens do céu à noite a imagens detalhadas de objetos astronômicos. O equipamento que você usa, seja o iPhone mais recente ou um telescópio astronômico, determina quais objetos será possível capturar.

Tipos de astrofotografia

  • A astrofotografia do sistema solar captura planetas, satélites naturais, o sol e outros objetos.
  • A astrofotografia do céu profundo envolve fotografar estruturas celestes distantes da nossa galáxia. Requer um telescópio para alcançar os objetos acessíveis.
  • A astrofotografia de grande campo trata-se de fotografar um campo estelar com uma lente grande angular usando uma câmera digital.
  • A astrofotografia time-lapse reúne várias fotos de grande campo do céu noturno para criar uma imagem ou vídeo em movimento.
  • A astrofotografia de paisagem noturna captura imagens de cenários com estrelas. Não requer nenhum equipamento especial.

Capturing the Stars: A Beginner’s Guide to Astrophotography

Qual equipamento é necessário para astrofotografia?

Os equipamentos necessários são determinados pelo tipo de astrofotografia que você deseja praticar. Para capturar uma imagem detalhada de outra galáxia, você precisará de alguns equipamentos específicos. Mas se você é um iniciante, não se sinta pressionado a comprar o equipamento mais caro. Como um novato, comece com o básico!

Confira os equipamentos essenciais:

1. Câmera.

As câmeras digitais e analógicas podem tirar belas fotos do céu noturno. A diferença é que, com uma câmera digital, você verá o resultado instantaneamente, o que pode ser útil se você estiver indeciso sobre as configurações da sua câmera. Além disso, é possível tirar fotos do céu noturno com a câmera do celular, embora suas habilidades sejam limitadas em comparação com câmeras com sensor full frame ou sensor cropado.

2. Lentes.

A lente grande angular é a melhor opção para fotos do céu noturno. Geralmente usada em astrofotografia, ela é mais adequada para ambientes com pouca luz e fotos de longa exposição. Uma lente grande angular permite que o fotógrafo capture fundos ou paisagens mais amplos. Quanto maior a abertura da sua lente (menor o número f), maior é a entrada de luz, o que é perfeito para astrofotografia.

3. Tripé.

Não importa qual é a sua lente ou câmera, a astrofotografia requer capturas de longa exposição. A movimentação da câmera durante uma foto resultará em uma imagem desfocada. Você precisará de um tripé para proporcionar maior estabilidade às câmeras e minimizar o suave tremor das suas mãos. O tripé pode ajudá-lo a posicionar sua câmera e criar uma composição incrível.

4. Obturador Remoto.

Para manter sua câmera completamente imóvel, use um obturador remoto. Ele permite que você acione o botão do obturador sem tremer a câmera. Além disso, é possível impedir o movimento da câmera usando um temporizador embutido, para evitar quaisquer vibrações ao pressionar o botão do obturador antes da captura.

Capturing the Stars: A Beginner’s Guide to Astrophotography

Melhores dicas de astrofotografia:

1. Escolha o local.

A poluição luminosa é um dos maiores problemas para um astrofotógrafo. É preciso encontrar um local escuro para obter imagens detalhadas do céu noturno. Quanto mais afastado você estiver da cidade e de luzes artificiais, maior a chance de capturar imagens incríveis. Áreas rurais são ótimas para esse tipo de fotografia, ou locais urbanos que não tenham muitos postes de luz.

2. Monitore as fases da lua.

Dependendo do corpo celeste que você deseja fotografar, o luar pode tanto te ajudar quanto atrapalhar. A lua cheia irá adicionar mais luz às suas imagens, podendo ser útil para iluminar suas imagens, mas também ela pode se tornar uma poluição luminosa. A lua nova por sua vez, não adicionará nenhuma luz, o que pode tornar outros corpos celestes mais visíveis.

3. Veja as condições meteorológicas.

O céu limpo é um requisito para fotos noturnas perfeitas. Até mesmo as menores nuvens podem mudar as condições de iluminação e fazer com que sua câmera não consiga capturar fotos boas. Por isso, sempre verifique a previsão do tempo antes de sair para fotografar.

4. Use um mapa das estrelas.

Embora não seja possível perceber o movimento da Terra, o céu muda constantemente por conta da rotação. Quase não há corpos celestes que permaneçam visíveis durante o ano todo. Por isso, é preciso planejar sua sessão fotográfica com antecedência caso deseje capturar algum corpo específico, e é ai que usar um mapa do céu ou algum aplicativo de rastreamento de estrelas entra em ação, pois poderá te ajudar a visualizar o céu dependendo da sua localização, data e hora e a capturar o seu objetivo.

5. Escolha a abertura.

Quanto menor o número f, maior é a abertura. O ideal é começar a partir da abertura f/2.8 ou até mesmo uma abertura inferior. Caso sua lente não tenha essa capacidade de abertura, escolha a mais baixa possível. Pois isso ajudará a capturar mais luz, o que é essencial para fotos noturnas. É possível alterar completamente as imagens alterando o f-stop.

6. Altere para o foco manual.

É muito difícil uma câmera focar no modo automático no escuro, pois quase todos os objetos celestes são muito pequenos ou sem brilho. Caso não exista pontos brilhantes para focar, mude para o foco manual. Ajuste sua lente até obter fotos detalhadas.

Capturing the Stars: A Beginner’s Guide to Astrophotography

Os 5 melhores astrofotógrafos para seguir

Para aprimorar suas habilidades e ter inspiração, nada melhor que observar trabalhos de outros artistas. Aqui estão alguns fotógrafos de astrofotografia que vale a pena seguir:

Manuel Dietrich


Sean Parker


Wayne Pinkston

Connor Matherne

Victor Lima

Resumindo

Apesar da astrofotografia parecer difícil, as belas imagens do universo com certeza valerão o esforço. Tendo o equipamento certo, planejamento e conhecimento, é possível fazer fotos incríveis.

Praticar é o melhor a se fazer ao começar a sua jornada pela astrofotografia. Tenha este guia em mãos para se preparar para uma incrível sessão noturna.

Outros artigos que podem te interessar

Explicando a Fotografia de Arquitetura: Definições, Exemplos e Dicas
Como Capturar o Momento Decisivo na Fotografia: Princípios e Dicas Úteis
Explorando a Fotografia de Interiores: Dicas Essenciais e Fotógrafos Para Você Começar a Seguir

 

Para os leitores do nosso blog: imagens por apneas USD 0,80 Compre com desconto

Um pequeno resumo do blog depositphotos